07/12/2018

FENPROF entrega ao governo mais de 20 mil postais de apoio à luta dos professores

A FENPROF entregou esta quinta-feira na Presidência do Conselho de Ministros mais de 20.500 postais de apoio à luta dos professores. Estes postais foram recolhidos em todo o país de 12 a 30 de novembro e, afirma Mário Nogueira, demonstram bem o apoio que os portugueses dão à luta dos professores pela recuperação integral do tempo de serviço cumprido pelos docentes: 9 anos, 4 meses e 2 dias.

Aos jornalistas, o Secretário-geral da FENPROF voltou a analisar a reunião da véspera com o governo no Ministério da Educação, afirmando que, se o tempo de serviço não for considerado, em 2019 os professores não irão baixar os braços: "não vamos fazer protestos por ser ano de eleições, mas não vamos deixar de fazer protestos por causa das eleições".



foto

FENPROF entrega ao governo mais de 20 mil postais de apoio à luta dos professores

A FENPROF entregou esta quinta-feira na Presidência do Conselho de Ministros mais de 20.500 postais...

foto

Reunião no ME foi uma ?encenação absurda?

Mário Nogueira explica que o governo não apresentou nada de novo e insiste em apagar 6,5 anos de tempo...

foto

A FENPROF não vai baixar os braços e o tempo vai ser contado

O Governo Regional dos Açores declarou que, também naquela região, os professores terão o seu tempo...

foto

Professores vão enviar email ao primeiro-ministro e FENPROF entrega milhares de postais no Conselho de Ministros

Professores que trabalham no continente continuam a reclamar respeito e justiça, recusando discriminação...

foto

Pela FENPROF, a negociação do prazo e do modo de recuperar os 9 anos, 4 meses e 2 dias pode começar

A luta e a força da razão dos Professores serão, mais uma vez, determinantes nessa negociação A...

foto

Reação da FENPROF à votação do OE 2019 na AR

...