16/02/2018

AUTONOMIA E FLEXIBILIDADE CURRICULAR

A FENPROF apresentou esta manhã aos jornalistas o Parecer com uma primeira análise ao projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, implementado pelo Ministério da Educação nas escolas portuguesas, no ano letivo 2017/2018.

Este parecer, que vai ser enviado ao Ministério da Educação, foi elaborado já com base em alguns inquéritos realizados junto de professores envolvidos nesta experiência e que vão continuar a ser distribuídos em, pelo menos, 10% das escolas aderentes, até ao final do ano letivo. Nessa altura, os resultados dos inquéritos, bem como a sua análise, serão apresentados num Encontro Nacional, promovido pela FENPROF.

A coordenadora do Grupo de Trabalho da FENPROF para análise do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, Brígida Batista, apresentou a posição da FENPROF aos jornalistas.

Leia aqui o Parecer da FENPROF.


foto

AUTONOMIA E FLEXIBILIDADE CURRICULAR

A FENPROF apresentou esta manhã aos jornalistas o Parecer com uma primeira análise ao projeto de...

foto

VALORIZAR A EDUCAÇÃO E OS SEUS PROFISSIONAIS. 2017/2018: TEMPO DE RESOLVER PROBLEMAS

Na abertura de mais um ano lectivo, a questão da colocação dos professores continua a merecer grande...

foto

ME diz não ter disponibilidade de agenda para reunir com a FENPROF em maio

No ato de entrega, no Ministério da Educação, de mais de 12.000 postais de professores e educadores reclamando a aprovação de um regime especial de aposentação, a FENPROF foi informada por um elemento do gabinete do próprio Ministro de que, até ao final de maio, o governante não tem espaço na sua agenda para reunir com os professores. Uma reunião cujo objetivo é o de ser assumido um compromisso em torno de 4 grandes questões: vinculação, horários de trabalho, aposentação e descongelamento das carreiras.